FALE COM OS MONARQUISTAS !

FAÇA PARTE DO NOSSO GRUPO NO YAHOO

Inscreva-se em DMB1890
Powered by br.groups.yahoo.com

terça-feira, 3 de agosto de 2010

BLOG MONARQUIA JÁ . . . AMIGO DIONATAN - SEMPRE !

UM ANO



Há 1 ano colocávamos a primeira postagem do blog disponível na internet. A mensagem falava a respeito dos motivos que me levaram a criar e editar este blog, falava também da fidelidade a S.A.I.R. Dom Luiz e a nossa Família Imperial.


Pois bem, passado 1 ano, quero reafirmar este desejo, que em verdade já se tornou um compromisso. Quero reafirmar meu compromisso, pois sabemos quantos ainda desconhecem nosso propósito, nossas idéias e nossas convicções. Quero reafirmar este compromisso por acreditar que a Monarquia continua sendo a solução para o Brasil. A reafirmação deste compromisso se dá também pela crença nas capacidades de nossos dinastas.


Este período, que compreende agosto de 2009 a agosto de 2010, foi de diversas realizações no meio Monárquico Brasileiro.

Em uma retrospectiva rápida, posso me lembrar de alguns acontecimentos importantes que resultaram em postagens no blog: em agosto de 2009, tivemos a visita de Dom Bertrand a Vila Velha, no Espírito Santo, um sucesso total, onde o Príncipe foi entrevistado pela afiliada da Rede Globo e esteve em encontro com as autoridades locais e também em conferência no Centro de Relações Internacionais daquela cidade.

Depois, em setembro daquele ano, a Imperatriz Dona Teresa Cristina foi homenageada pela Sociedade Italiana do Rio, ainda em setembro, dois eventos marcaram o Movimento Monárquico: no dia 12, o XX Encontro Monárquico do Rio de Janeiro e no dia 13, o Centenário de Nascimento do Condestável das Saudades e da Esperança, S.A.I.R. Dom Pedro Henrique, celebrado com missa na Antiga Sé Catedral, ainda comemorávamos o aniversário de 95 anos de nossa Princesa Mãe, Dona Maria, e o natalício do Chefe da Casa Imperial, Dom Luiz.

Foi, sem dúvida, memorável. Em outubro tivemos o casamento da Princesa Dona Isabel com o Conde Alexander de Stolberg-Stolberg. Um enlace belíssimo que teve lugar no Rio de Janeiro, precisamente na Imperial Igreja de Nossa Senhora da Gloria do Outeiro, numa cerimônia que trouxe ao Brasil membros da realeza e da nobreza européia. Para a cerimônia, o Rio de Janeiro recebeu o Duque de Vendôme, os Duques de Bragança, Príncipes da Baviera, das Duas-Sícilias, membros da nobreza da Bélgica, da Alemanha, de Portugal e da Itália. Naquele 16 de outubro, o Rio voltava a ser Imperial. A festa deu-se no Paço Imperial, onde a trisavó da noiva assinou a Lei Áurea em 1888. Mas, seguindo o retrospecto, ainda em outubro, Dom Bertrand foi a Itu, em convite dos meninos e meninas da Ação Jovem Pela Terra de Santa Cruz, lá, palestrou no Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio.

Em novembro de 2009, tivemos os 120 anos da república. Esta data simbólica não foi lembrada nem mesmo pelos republicanos, mas os monarquistas do Rio fizeram uma conferência na Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro para avaliar a data.

O blog divulgou, ao longo daquelas semanas, excertos de grandes escritores que criticam a república. Em novembro houve também o nascimento do Príncipe Gastão de Orleans, filho do Duque e da Duquesa de Vendôme e o falecimento da esposa de Dom Pedro Carlos de Orleans e Bragança. Em dezembro tivemos os 120 anos do falecimento da Imperatriz Dona Teresa Cristina, primeira vítima fatídica da república. Em janeiro de 2010 tivemos o centenário da morte de Joaquim Nabuco. Em fevereiro Dom Bertrand, nosso Príncipe Imperial, esteve nos Estados Unidos. Março foi um mês de reflexão, período em que se relembrou Dom Luiz de Bragança, quando postávamos conteúdos sobre os 90 anos de sua morte, ocasião em que o Círculo Monárquico do Rio de Janeiro mandou celebrar missa em sua homenagem, sendo prestigiada por Dona Isabel, neta do Príncipe Perfeito. Ainda em março, ficamos sabendo que o governo federal, cedendo aos pedidos do governo do Paraguai, estava a ponto de entregar àquele país, o Canhão El Cristiano, símbolo da vitória Brasileira na guerra contra o ditador Solano López, no século XIX. Em abril, o Museu Imperial de Petrópolis, que guarda a memória da Monarquia no Brasil, completou 70 anos. No mês de maio ocorrem no Leme, no Rio de Janeiro, várias homenagens junto ao busto da Princesa Dona Isabel, a Redentora.

Tivemos também a divulgação do programa do XXI Encontro Monárquico do Rio de Janeiro e o convite para o natalício do Chefe da Casa Imperial do Brasil, S.A.I.R. Dom Luiz. Ainda em maio S.S., o Papa Bento XVI esteve em Portugal e por esta ocasião, tivemos a alegria de ver a Princesa Dona Teresa, última neta viva da Redentora, em lugar de honra na missa celebrada por S.S. no Terreiro do Paço, em Lisboa. O mês de junho foi para relembrar o saudoso Príncipe Dom Pedro Luiz, que faleceu prematuramente em um acidente de avião em 2009, quando retornava a Europa. Dom Antonio mandou celebrar no secular Mosteiro de São Bento, missa pela alma do filho. Junho também foi um momento de celebração da Causa Monárquica, com a ocorrência do XXI Encontro Monárquico.

Ainda no mesmo mês, divulgou-se a notícia de que a Imperatriz Dona Amélia estava sendo homenageada em uma exposição em Munique. Também em junho, Dom Antonio passou a fazer parte da Ordem de Malta. Com todas estas postagens, trouxemos textos históricos, publicações de Institutos Culturais e Sociais que nunca haviam sido dispostas na internet, trouxemos ainda artigos de renomados monarquistas e imagens de acervos públicos e privados.



Se as postagens foram abrangentes e os conteúdos foram de elevado nível, é porque as contribuições foram generosas e de grande qualidade. Agradeço mais uma vez ao Prof. Fernando Mascarenhas Silva de Assis (Correio Imperial), ao Prof. Bruno de Cerqueira (Instituto Cultural Dona Isabel I), a senhora Margareth Specialski (Associação Causa Imperial), ao senhor Claudomir (Jornal Tribuna da Praia, de Sergipe), que com suas concessões ajudaram a fazer o blog.

E quando falo em concessões, falo nas parcerias com os amigos Mauro Demarchi (blog Monarquia em Ação), Sara Rozante (blog Viscondessa de Jaú), Maria Menezes (blog Família Real Portuguesa), Marcelo Roberto Ferreira (blog Diretório Monárquico do Brasil), Bruno Brasmon (blog A Real Democracia), essas concessões e parcerias mostram, sobretudo, nossa união pela mesma Causa: a Causa Monárquica.

Nunca me esquecendo de agradecer o incansável incentivo de minha Família (minha mãe Zeli, meu pai Jaime e minha irmã Victória) e também dos amigos, especialmente de um, que desde o início é correspondente do blog, crítico construtivo, consultor para os assuntos monárquicos e meu grande amigo pessoal, a quem devoto todo respeito e a quem todos admiram. É por este quadro, que se estabeleceu tão naturalmente, que digo a todos: o blog não é apenas meu, mas sim de todos nós que durante este 1 ano, nos fizemos divulgadores de nossa Monarquia e hoje somos uma equipe.


E por falar em equipe, força de vontade e trabalho conjunto, foi com base no blog Monarquia Já, que além de muitos contatos, recebi o de Paulo Rodrigues, do Estado de São Paulo. Monarquista entusiasta de Ariranha, o senhor Paulo, contando com suas ilustres amizades, ganhou um espaço quinzenal no jornal local Folha de Ariranha, quando então me propôs que trabalhássemos juntos neste projeto. Este espaço trata-se hoje de uma coluna na segunda página daquele jornal, onde então escrevemos, o Sr. Paulo e eu, sob o título: Monarquia: Por um Brasil Melhor!, afim de esclarecer as populações de Pindorama, Santa Adelaide e Ariranha sobre nossas idéias e propostas. Levar até aquelas pessoas a nossa Causa. Além da coluna, outros projetos de cunho monárquico continuam naquela região e em breve poderão ser divulgados.

 

Neste 1 ano de trabalho no blog, procuramos trazer ao leitor monarquista e em especial aos não monarquistas (ou aqueles que desconhecem nossas convicções); textos, artigos e informações sobre nossa Família Imperial, na atualidade, mas também retomado as grandes e saudosas figuras de nossos Imperadores, trouxemos os manifestos do Príncipe Perfeito, Dom Luiz de Bragança, pequenas biografias de Dom Pedro I, Dom Pedro II, das Imperatrizes Dona Leopoldina, Dona Amélia, Dona Teresa Cristina e também de Dom Pedro Henrique e de Dona Maria da Baviera, tudo isso para deixar na memória a nossa Família, a Família de todo o Brasileiro. Há quem diga que isso é feito somente pela memória, mas eu rebato firmemente, sempre dizendo que creio sim que, com muito esforço, teremos êxito em nossa luta. O título da página já diz: Monarquia Já. Meus idealismos e crenças continuam.



Obrigado a todos os leitores, entre eles internautas de mais de 80 países do mundo (de todos os continentes, incluindo Oriente Médio e Ásia). Obrigado a todos os admiradores, seguidores, correspondentes, colaboradores. Obrigado, enfim, aos amigos e construtores do blog Monarquia Já. É com esta grande equipe que faremos os próximos anos.




Dionatan da Silveira Cunha

Um comentário:

Dionatan da Silveira Cunha disse...

Amigo Marcelo,

Obrigado por tudo, sempre!

Obrigado por todo o apoio. Somos realmente uma grande equipe.

Abraço.